Papel Social do Desenvolvedor

Olá, tudo bemmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm? (não sou o Paulo Henrique Amorim, mas gosto dessa frase..:P).

Hoje iremos falar do “papel social” do desenvolvedor web, um assunto no mínimo interessante porque fala sobre como a sociedade tem aderido cada vez mais aos sistemas informatizados, e agora com a onda “CLOUD COMPUTING” (computação nas nuvens) a parada ficou mais séria ainda.

A questão é um tanto simples, mas interessante! Qual o papel que o desenvolvedor executa na sociedade?

Simples, nós entregamos o que a sociedade precisa, como exemplo disso no meu tutorial passado falei sobre “induzir o cara na frente do monitor” a inserir o nome dele na caixa de entrada de dados, na realidade não é induzir, mas a lógica é: Como o cliente saberia que queremos extrair dele a informação NOME dele sem mostrar para ele que deve preencher aquilo?
Como exemplo usei a frase de imagina se ao invés de clicar no botão ENVIAR ele teria escrito no botão 123456?

O “cara na frente do monitor” não saberia como proceder, então o nosso papel social é que entregamos a eles o que eles precisam e obtemos o que necessitamos para que a necessidade deles seja suprida da melhor forma.

Montemos um “algoritmo social” aqui:

Lado “Cliente”

[code]

1- “cara na frente do monitor” precisa saber o valor de 1 picolé;

1ª – Vai à opção Contato;

1b – Vai preencher dados:

– Nome;

– E-mail;

– Telefone;

-Mensagem.

1c – Clica no Botão Enviar.

2- Aguarda Resposta (se não obtiver resposta procura em outro lugar para comprar).

[/code]

Lado “Servidor”

[code]

1-      Recebe os dados do Cliente;

1ª – Encaminha os dados para o departamento responsável;

1b – Se houver resposta, re-encaminha para o cliente;

1c – Senão, finaliza;

[/code]

A questão que a gente levanta agora é a seguinte, qual o papel social disso?
Proporcionamos a possibilidade de o Cliente que esta querendo satisfazer sua necessidade de consumir o picolé, falar ao proprietário da empresa de picolé que quer comprar basta então o proprietário analisar sempre as mensagens que recebe do servidor e responde-las, assim:

1- O cliente chupa picolé;

2- O proprietário vende o picolé;

3- Nós obtivemos sucesso no papel social da necessidade humana de se comunicar, socializar e satisfazer suas necessidades básicas (ou não) com a alimentação.

ps: se bem que a nossa intenção real é ganhar $$$$$ não é? Opine!

CÓDIGO MASTIGADO (Formulário de Contato em HTML + PHP)

Formulário de contato

Que tal criarmos um formulário de contato em html + php e fazermos tudo de forma que possamos entender com perfeição?




Para o formulário de contato em html + php profissional e sem problemas utilizamos aqui html e php para criar e enviar email diretamente do site.

Então, vou ver se consigo ajudar aos iniciantes em “webdesign e desenvolvimento” a fazer um formulário de contato, mas a forma será diferente do normal para podermos entender 100% do código com a lógica dele. 🙂

Então vamos lá, vou primeiro colocar o código html e depois explicarei passo-a-passo.

ANTES DE QUALQUER COISA, CLIQUE AQUI E ME AJUDE POR FAVOR, BASTA CLICAR E VER O ANUNCIO ABRIR TOTALMENTE E FECHAR.

 

 

O nosso formulário enviará e fará tudo basicamente como a imagem abaixo.

função que envia email

função que envia email



gogogogo entender o código então, porém,  os códigos:

 

e outros não irei te ensinar porque isso ai é básico do html, nosso html mastigado de hoje é sobre o FORMULÁRIO, ok? 😛

CODIGO 01:

Bom, iniciando a parada do nome FORM NAME ai estamos (eu e você desenvolvedores :O) dizendo assim pro navegador (Firefox, Chrome, etc…) :

Mano, tu agora abre na tela do cara que ta abrindo o site ai um formulário e o nome do formulário é “form1”, tá ligado?“.

Ai logo em seguida vem METHOD=”POST”, ou seja:
Agora  navegador, a método de trabalho que enviaremos para o servidor é post, porque é uma comunicação mais segura entre o cara que navega e o servidor, porque ai quando você ler o “action” você vai saber o que fazer. Beleza?“. Em seguida vem o dito “action”, que no nosso casso o comando do action é ENVIAR.PHP, ou seja, quando o cara clicar nos botões pra frente ai ele vai ler lá no servidor o arquivo enviar.php.

Concluindo esse comando nosso formulario tem um nome, o método dele trabalhar/comunicar e por final que ação ele vai executar.

Agora vamos à outra parte do código:

Bom, traduzindo o nome INPUT nós temos uma ENTRADA, ou seja:

Seu formulário, desenha na tela do cara ai uma caixinha de entrada de dados (caixa de entrada de dados é onde tu digita algo)!“, ai vem a opção NAME, cara é meio óbvio que a gente segue a regra do outro, a caixa de entrada ai tem que ter um nome não é? sendo assim ela pode ser identificada, já o TYPE dela foi definido com TEXT (TEXTO em português) sendo assim, estamos falando para o navegador: “No desenho que você vai fazer para a caixinha de entrada de dados vai ser do tipo TEXTO, que pode ser digitado qualquer tipo de texto..daaaah!“.

Teremos em seguida antes de fechar aquele código html o codigo ID (IDENTIFICAÇÃO), seria como dizer assim para o navegador:
Moço, olha eu aqui outra vez incomodando, mas faz um grande favor ai pra mim, gere um ID para a caixa de entrada de dados ai para sempre ser identificada em outro código tá?”  (ps: essa ID pode ser numeral, texto, etc. a gente costuma usar nome e tal para poder ser facil de identificar, afinal iremos precisar dela em outro código não acha?).

Concluindo essa parte nós aprendemos que após definirmos o desenho do formulário a gente mandou desenhar uma caixa de entrada de dados onde induziriamos o carinha da frente do monitor a introduzir o nome dele no formulário, que esse formulário tem um nome e uma identificação. Ai surge a dúvida cruel, como “induziremos” o cara a digitar o nome dele?
Vou mostrar no código html lá que antes do código que estudamos do INPUT tem

então na tela do carinha vai desenhar antes da caixa de texto um parágrafo novo com NOME: impresso na tela e logo do lado a caixa de entrada de dados.

Logo iremos montar o seguinte na tela seguindo a mesma lógica da caixa de entrada de dados NOME:

O negocio encima ai induz o cara a colocar o texto EMAIL e tudo segue a lógica dos primeiros dados.

Prosseguindo no código:

Mesma conversa do NOME e EMAIL, ai tu coloca ASSUNTO porque isso induzirá o cidadão a colocar tudo conforme manda o script (viu como nós desenvolvedores somos fortes e influenciadores?)

Agora vamos a mais um passo interessante, a caixa onde o “carinha” irá digitar o que ele tem para falar para a gente. blah

Note que logo depois de MENSAGEM: tem a tag html <br> (estude essa tag AQUI). ela manda criar um novo paragrafo basicamente.

Ai falamos pro navegador: “Desenha na tela do cara ai uma área de texto onde será digitado o que o cara quizer, o nome dessa área de texto é MENSAGEM.”.

WRAP=”VIRTUAL” é que ele vai “QUEBRAR LINHAS” (passar para a nova linha) sem precisar de código html, ou seja, não adianta digitar códigos html de nova linha e tal que as variáveis serão ignoradas.

ID segue a mesma lógica dos outros.

Até agora desenhamos as caixas de entrada de dados, informamos a elas que elas tem identificação, informamos tambem ao navegador que ele induza as pessoas as fazerem o que queremos para recebermos o contato final do cara.

Surgiu outra dúvida cruel… O carinha preencheu todos os dados que induzimos ele, agora o que ele faz?

Vamos induzir ele a clicar em um botão chamado ENVIAR? hehehehe

Lógica do código:

Desenhe na tela ai uma entrada de dados do tipo SUBMIT (ENVIA DADOS, ou seja, ela é uma caixa de dados que não pode ser alterada porque serve apenas para transicionar dados entre o servidor html e o cliente html (navegador)), essa entrada de dados tera o nome SUBMIT para no código da ACTION que no nosso caso é ENVIAR.PHP ele lá no PHP vai executar a variável de código PHP e o VALUE (VALOR) dela será ENVIAR (encima do botão tem um texto que pode ser definido como a gente quizer, eu poderia muito bem ter trocado o nome ENVIAR por ?????, mas o cliente seria induzido a clicar nele ou ficaria em dúvida?“.

Aqui nós concluimos tudo, tem muitas tags html padrão que eu não perdi tempo pra explicar porque isso ai é algo que não faz parte do formulário em si, então, estude essas tags ok?

Vamos ao Código PHP, ele eu vou deixar apenas comentado para você preencher, tudo que esta atrás de // ou /* */ no código é COMENTARIO que te instruirá a preencher o código.

Pronto pessoal, aqui está nosso formulário de contato, isso serve pra você comunicar bem com o cliente, amigo, etc..blablabla

Isso ai, qualquer hora dessas tem coisa nova no ar.